​​Esta semana, a Microsoft anunciou mais alguns recursos que estarão disponíveis na próxima versão do principal produto da empresa, o Windows 10 e tem relação com o processo de identificação por senhas por parte dos usuários.

Convenhamos, para nós usuários é muito complicado administrar senhas. Cada sistema na Internet tem um formato ou uma exigência. Deixar todas as senhas iguais é inseguro, senhas diferentes é impossível de memorizar. A tecnologia precisa realmente melhorar neste sentido.
Semanas atrás escrevi, aqui mesmo, sobre a identificação por biometria (impressão digital). Prometida como a “solução para seus problemas”, o reconhecimento biométrico foi colocado na berlinda depois que um hacker teria falsificado a digital da ministra da defesa da Alemanha, utilizando uma foto de suas mãos.

A novidade agora é o reconhecimento facial ou da íris como forma de identificação do usuário, e foi justamente isso o que a Microsoft anunciou.

Segundo a empresa, o novo recurso chamado “Microsoft Hello”, permitirá que o computador seja desbloqueado pelo o usuário apenas olhando para ele. Através do reconhecimento facial ou da íris, o usuário é identificado e o acesso ao computador liberado.

Muito interessante. Desbloquear o computador pode facilitar, mas não resolve o problema inicial: aquele monte de senhas de tantos sites. Para isso o fabricante anunciou um outro recurso denominado “Microsoft Password”. O objetivo é guardar no seu computador o conjunto de senhas que você utiliza.  Uma vez tendo feito o seu reconhecimento facial ou pela íris, o dispositivo faria a identificação por você nos outros sistemas, de forma transparente.

Segundo a divulgação, isso garantiria ainda mais a segurança pois o invasor precisaria de sua senha, de seu dispositivo e de sua biometria para acessar recursos. 

Seria realmente muito mais fácil se pudéssemos acessar tudo sem tanto esforço. Vamos aguardar e ver se isso tudo vai vingar. Para que todos possam utilizar, resta saber se o seu uso será simples, e se os dispositivos necessários para estes recursos não vão custar os olhos da cara.